Posts Marcados Apple

Adeus, Jobs.

Foi em uma revista de papai que vi o anúncio na contracapa: uma maçãzinha deliciosamente mordida na lateral nas cores do arco-íris. Era inicio dos anos 90 e eu nem sabia ler, ali Jobs me conquistou pela primeira vez.
O famoso logo nos anos 90No trabalho de papai tinha um trambolho com aquela maçã, coisa que meus dedinhos ávidos teimavam em tentar descolar – algo que não era possível – para levar para casa. Anos depois descobri que aquilo era um computador e aquela maçã seria um dos objetos mais cobiçados por mim pelos próximos quinze anos.
Quando comecei a ler e me interessar por quinquilharias eletrônicas, vi um anúncio da Superinteressante onde exibia os computadores da maçã em monitores super coloridos e charmosos, na hora disparei para papai que queria um, ele contra-argumentou que quando eu crescesse trabalhasse para ter porque aquele ali era muito caro.
Não sei se por ironia do destino ou o quê, informática é o meu ganha-pão. E mais do que isso, meu hobby incontrolável. Guardei meus primeiros salários e minha primeira aquisição foi um Macbook branquinho, antes já tinha ganhado um Ipod e seus trecos adjacentes, e hoje honestamente nem sei mais como se trabalha com um PC.
Jobs é meu guru em vários âmbitos. Primeiro porque minha graduação é justamente em Administração e seu império é o maior do mundo, com uma cultura organizacional fantabulosa; Segundo porque sou louca pelas propagandas simplistas e com design inovador e terceiro – e mais importante – eu sou apaixonada pelos seus produtos. A minha paixão pela Apple é tão grande e tão latente que contagiei minha casa, onde meu pai e meu irmão são usuários ávidos por Apple’s things.
Homenagem a JobsJobs mudou a maneira de ver o mundo, de interagir com as coisas, e simplesmente olhar tudo da forma mais fácil. O mundo não precisa de tantos botões assim. Jobs não construía máquinas, nem investia em entretenimento: ele criava sonhos e tornava plausível a quem fosse. Criava em nós necessidades inexistentes e alimentava nosso desejo por uma vida mais moderna, colorida e de fácil manuseio. Não existe ninguém que escapou aos encantos de Jobs, não há ninguém que os olhos não brilham com os desenhos da Pixar ou o design simpático de um iTreco. Com carga de rei ele mudou o mundo.
Recebi a noticia da morte dele com o pesar de quem perde um velho amigo querido, mas com o consolo que ele conseguiu imprimir sua marca no mundo. Foi do seu legado onde recebi a noticia, o aparelho que criou me noticiou a sua morte – foi-se o homem, ficou o mito.
Boa viagem, Steve!

Anúncios

, , , ,

Deixe um comentário